terça-feira, 28 de julho de 2015

Mudamos de plataforma!

Oi pessoal, tudo bom?

Se você acompanha o Wanderlust Girls e está estranhando a falta de post em seu feed é porque sofremos algumas mudanças. Para voltar a ser um seguidor, basta entrar em waderlust-girls.blogspot.com

Obrigada desde já pela compreensão <3

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Assistimos: "A Incrível História de Adeline"

Oi gente! Tudo bem? Bom, não vou nem pedir desculpas pelo sumiço, mas vocês sabem que sentimos muito. :/ Porém, agora é FÉRIAS! Quer dizer, quase... Hahaha, mas enquanto isso, decidi vir postar sobre esse filme lindo que eu e a Ana fomos assistir há umas semanas... ''A Incrível História de Adeline" (Título original: "The Age of Adeline").
Sim, você que já assistiu Gossip Girl, é ela mesma, a eterna Serena: Blake Lively <3
Sinopse:
Adaline Bowman (Blake Lively) nasceu na virada do século XX. Ela tinha uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela, milagrosamente, não consegue mais envelhecer, se tornando um ser imortal com a aparência de 29 anos. Ela vive uma existência solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado. Mas ela conhece o jovem filantropo, Ellis Jones (Michiel Huisman), um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.

Talvez pareça meio bobinho e previsível pela sinopse, mas eu juro que é ótimo! A fotografia dele é linda, tem um ótimo elenco, e a Blake está mais maravilhosa do que nunca!
Acho que o filme não está mais em cartaz, mas caso você tenha a oportunidade de assistí-lo: assista-o. Vale mesmo a pena!
Enfim, espero que tenham gostado. Nós temos algumas novidades que em breve vocês ficarão sabendo ;) Hehe
É isso, beijos e espero que tenham gostado!
Nath.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Playlist Mensal: Maio

Oie gente! Tudo bem?

(Um pouco atrasada) vim postar a playlist do mês de maio! Que por sinal, passou super rápido, né?

Ours - Taylor Swift
Throwback para uma antiguinha da Taylor <3 Pq né, como não amar?
 
Riptide (FlicFlac Edit) - Vance Joy
Falando em Taylor, andei ouvindo esse remix de ''Riptide'' do Vance Joy, que está abrindo a turnê dela!
A música original já é um amor, esse remix então <3 (Eu uso muito esse coraçãozinho, né? Hahaha ops...)
 
Little White Lies - Florrie
Quando a cantora é linda, a música também e a letra mais ainda = Vício!
 
How You Love Me - 3LAU ft. Bright Lights
O clipe começa extremamente fofo, até que...
Mas, a música é ótima!
 
Hurricane - Halsey
Sabe aquele artista que você ouve e fica indignada porque aquela pessoa não é tão famosa quanto merecia ser? Pois é, Halsey é uma delas.
 
Espero que tenham gostado, hehe. Não deixem de indicar umas músicas também!
Beijos, Nat :)


quarta-feira, 3 de junho de 2015

Filmes que assisti nos últimos tempos!

Oie gente, tudo bem com vocês? Véspera de feriado, YAY!
Hoje eu vim falar sobre os filmes que eu assisti nos últimos tempos e o que achei de cada um deles!

Mad Max: Estrada da Fúria
Definitivamente um dos melhores filmes que assisti nos últimos tempos!
É o quarto filme da série "Mad Max'', que começou há 26 anos. É um filme de perseguição de origem australiana.
Ps: não deixem de reparar na maravilhosa Charlize Theron <3

Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max (Tom Hardy) se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentanto fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo.


Velozes e Furiosos 7
Obviamente havia muuuita expectativa para esse filme, devido a morte de um dos atores principais da série, Paul Walker :( mas creio que o filme não decepcionou ninguém, levando em conta que sua bilheteria superou até ''Vingadores: Era de Ultron''.
Após os acontecimentos em Londres, Dom (Vin Diesel), Brian (Paul Walker), Letty (Michelle Rodriguez) e o resto da equipe tiveram a chance de voltar para os Estados Unidos e recomeçarem suas vidas. Mas a tranquilidade do grupo é destruída quando Ian Shaw (Jason Statham), um assassino profissional, quer vingança pela morte de seu irmão. Agora, a equipe tem que se reunir para impedir este novo vilão. Mas dessa vez, não é só sobre ser veloz. A luta é pela sobrevivência.


Golpe Duplo
Filme com o maior plot twist eveeeer! Hahaha. Sério.
Nicky (Will Smith) é um trapaceiro profissional que é escolhido como vítima por uma iniciante na profissão, Jess (Margot Robbie). Ele se deixa levar pelo golpe para desmascará-la no momento certo. Decepcionada, Jess insiste para que Nicky lhe ensine seu método de trabalho e a aceite na equipe. Após uma certa relutância, Nicky não apenas concorda como se envolve romanticamente com ela, indo contra uma de suas principais regras.
 
Vingadores: Era de Ultron
Não preciso nem falar muito sobre a maior estréia de 2015, né?
Tentanto proteger o planeta de ameaças como as vistas no primeiro Os Vingadores, Tony Stark busca construir um sistema de inteligência artifical que cuidaria da paz mundial. O projeto acaba dando errado e gera o nascimento do Ultron (voz de James Spader). Capitão América (Chris Evans), Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) terão que se unir para mais uma vez salvar o dia.

É isso, espero que tenham gostado. Não esqueçam de contar os filmes que vocês andam assistindo!
Beijos, Nat. :)

terça-feira, 19 de maio de 2015

Playlist: O que eu tenho ouvido

Oi gente! Tudo bem?
Hoje eu vim mostrar para vocês as músicas que eu tenho ouvido ultimamente.

The Days - Avicii
Essa música vai com certeza ficar marcada comigo para sempre! Memórias...
 
Bad Blood - Taylor Swift
O que dizer desse clipe que mal foi lançado mas já amamos pakas?
 
Touch - Shura
Descobri essa música esses dias completamente por acidente e tenho amado ouvi-la.
 
Outside - Calvin Harris ft. Ellie Goulding
 
Heroes - Alesso ft. Tove Lo
Sobre as duas últimas músicas: eu geralmente não ouço muito música eletrônica, mas adoro esses dois artistas!
 
Talking Body - Tove Lo
Outra na voz (maravilhosa) da Tove Lo!
 
Espero que tenham gostado da seleção e não deixem de comentar!
Beijos, Nat


terça-feira, 5 de maio de 2015

Playlist Mensal: Abril

Oie gente! Tudo bem?
Um pouco atrasada, mas não tanto, vim falar um pouco sobre o que eu andei escutando mês passado, que, por sinal, passou voando, né?
See You Again - Wiz Khalifa ft. Charlie Puth
Quem aí assistiu ao mais novo filme da franquia Velozes e Furiosos já conhece essa e, assim como eu, provavelmente, chora pakaaaas cada vez que escuta! Por favor, não me digam que sou a única.
A música é uma parceria entre o famoso rapper Wiz Khalifa e um - pasmem - youtuber!
Não que Charlie fosse um completo desconhecido antes de estar no topo das paradas com a canção, mas o fato de ele ser um simples garoto que postava covers na rede social me deixa muito orgulhosa!
Bem legal, né?
The Troubles - U2  
Ok, eu sou bem suspeita quando se trata de U2, mas essa música é realmente maravilhosa.
Sabe aquele último cd deles, Songs Of Innocence, que ''foi parar'' no celular de todo mundo com uma conta no iTunes? Então, ela está lá.
Se você nunca deu uma escutada nesse álbum, sério, faça esse favor a si mesmo, pois tem óóótimas músicas, inclusive essa, em parceria com Lykke Li, a voz feminina na canção.
 
Talvez você conheça ela sem saber, acredita? Hahaha Quer ver?
 
Lost Stars - Adam Levine
Da trilha sonora de Mesmo se Nada Der Certo, filme que quero muito ver, cantada pelo (lindo <3) vocalista do Maroon 5, Adam Levine.
 
Essa foi a minha seleção de Abril.
Espero que tenham gostado e prometemos sermos mais ativas aqui (e quem sabe no canal do Youtube também, hehe) esse mês!
 
Beijos, Nat!


segunda-feira, 4 de maio de 2015

Wanderlusting: Washington D.C.

Oi pessoal, tudo bom?

Nossa, confesso que estou com uma baita de uma vergonha por motivos bem óbvios, o último post foi quase há um mês atrás! Gente, que horror. Mil desculpas mesmo, mas como já devem imaginar, a escola não sobra tempo e quando tem, a falta de inspiração e criatividade é bastante. 

Mas vamos falar de coisa boa, certo? Vamos conversar sobre, provavelmente, o meu assunto e o da Nath preferido. Viagens! Não é nem um pouco atoa que este blog leva o nome Wanderlust. Para quem não sabe, essa palavrinha ai significa desejo de viajar, conhecer lugares novos, se descobrir... E hoje, começaremos um novo quadro aqui. 

Eu confesso que ao mesmo tempo que viajar é uma das melhores coisas na vida, para mim, é uma coisa um tanto quanto confusa. Digo, há vinte quatro horas atrás eu estava em outro continente, falando outra língua, beeeem distante de casa, com outro clima, tudo diferente, e agora, aqui estou eu sentada no meu quarto. Fala sério, muito doido não? 

Mas, incrivelmente, essa doideira é muito boa! 

Foto tirada por mim :)

Bom, como vocês já devem ter visto pelo título do post, eu fui para o Washington! Não tinha nenhum motivo muito especial, apenas aproveitei o feriado e o preço das passagens. Então, separei os melhores momentos dessa viagens, dicas bem legais e fotinhos para vim mostrar para vocês! Vamos conferir? 

O lugar: Acredito que para nós, brasileiros, Washington não seja uma cidade muito turística. Afinal, a maioria das pessoas provavelmente pensa que não há muito o que se fazer mas, posso garantir, tem muita coisa sim! Eu fiquei quatro dias por lá e sinceramente, acho que é o suficiente. Não precisa de muito e se você for alugar um carro, menos ainda. Camelei muito hahaha mas não foi na pressa, sabe? Quanto à lugares para ficar, já aviso que a capital é cara portanto, depende de quanto você pode gastar. Eu e minha família preferirmos ficar em uma pequena região muito próximo à D.C. chamada Arlignton (é onde tem o Pentágono e fica há menos de duas estações de metrô para WWashington além de ser muito agradável). Transporte? Use e abuse do metrô, que tem por quase todas as regiões e o ônibus também. 
Dica: Se vocês não for fazer uso de táxi e carro alugado, compre um cartão do metrô em qualquer estação e o abasteça com dinheiro quando quiser, vale muito a pena e ele serve para todos os ônibus que rodeiam a cidade. 

Passeios: Não pode faltar de maneira alguma na sua lista de afazeres os passeios obrigatórios. Anote ai, Memorial do Lincoln, Washington Memorial, Casa Branca, J.F.Kennedy Cemitery, Capitólio e Biblioteca Nacional. Eu fiz todos esses, no total de dois dias, repetindo alguns, ou seja, não é algo que precise de muito tempo, até porque, a maioria deles é apenas para passar na frente. Vale lembrar que, com exceção da Casa Branca (precisa agendar a visita com seis meses de antecedência, #fiquemsemdaroiaoObama.), você não paga para nenhum desses passeios! Todos de graças. 

Dica: Se caso você seja como eu e gosta de sair um pouco do padrão de turista e ir conhecer lugares que as pessoas que moram pela região frequenta, dê uma olhadinha nesses lugares aqui! Georgetown - não sei ao certo se é considerado um bairro só mas com toda certeza vale a pena reservar algumas horas para essas ruas no subúrbio. Infelizmente, não há metrô até lá. Então, opte pelas pernas (como euzinha hehe) ou, use o ônibus. A rua principal (M Street/Winsconsin Street) é recheada de restaurantes e lojas que todos nós amamos! (mais sobre isso, logo abaixo). U Street - esse bairro bem afastado do centro é para o tipo de pessoa que não se importa em ser o único turista e nem ver muitos alternativos! Nós o descobrimos, por acaso, ao começar bater papo com um americano e ele logo indicou a rua. É cheia de bares, clubs, lojas de tatuagens e roupas de todos os estilos, e principalmente, U Street leva muita, mais muita, muita mesmo, gente pelas ruas. Fiquei pouquíssimo tempo por lá ;( mas nem por isso, deixei de aproveitar. As pessoas cantando na rua é muito demais! Alexandria - por último, porém não menos importante (bem pelo contrário hehe), Alexandria. É necessário pegar o metrô para além do aeroporto e andar bastantes estações, mas, acredite em mim, não vai perder a viagem. Sabe aqueles lugares, com casas de bonecas, que só aparecem em filmes, restaurantes incríveis e ainda para fechar com chave de ouro, aquele píer com pessoas que simplesmente não parecem reais? Alexandria é assim. Eu indico o uso das pernas mesmo porque, assim, você pode ver cada detalhe desse lugar mais do que lindo. 

Alô, você disse compras? Quem diria, não é mesmo? Mas pode acreditar, não é só em Miami ou Orlando que você irá bater o cartão muitas vezes! Washington D.C. tem ruas e lugares mais do que bons para fazer aquelas comprinhas. Como dito, Georgetown segue esse padrão tendo lojas como Urban Outfiters (quem não ama, hum?), Abercrombie & Fitch, H&M (quem não ama pt2? haha), FootLocker, CVS Pharmacy, American Apparel, entre outras. Caso você queire mais, eu indico muito o Shopping Pentagon Center em Arlignton, que contém quase todas essas mais Vans, Claire's, Hollister & CO, Amercian Eagle, Maicy's (é giganteeee), Sephora, GUESS... E ainda, tem a famosa Union Street. É uma enorme estação de trem/metrô e que tem muitas lojas e alguns restaurantes. Vale muito a pena almoçar lá e depois dar uma voltinha. 

(Alexandria, muito amor não é?)

Comida: Não preciso nem falar do enorme número de fast foods nos EUA, certo? Muito hambúrguer, muita pizza e muita batata. Eu comi no Panda Express (comida chinesa) e se você gosta e estiver sentindo falta de um arrozinho, aproveite. A Pizzaria Califórnia também vende pratos e eles são muitoos bons, pode comer e passar por baixo da mesa HAHAHA.

Playlist: É claro que eu fiz uma seleção de algumas músicas para ouvir durante a viagem. Eu queria ter escolhido músicas que tinham haver com a cidade, mas falhei. Porém, vou mostrar algumas que fizeram bastante parte do meu dia a dia. 
(Un)Lost - The Maine (essa música, essa banda, aw <3)
Drive By - Train
Somebody - Natalie La Rose feat. Jeremih
American Oxygen - Rihanna
Believe - Mumford & Sons (essa música é in-crí-vel)
Wait - M83
Polaroid - Imagine Dragons (tô ouvindo o novo álbum deles, vocês gostaram?) 
Greek Tragedy - The Wombats (tava ouvindo essa música assim que o avião pousou, muito boa também.)
Budapest - George Ezra
Get Home - Julia Stone and Angus

Acho que é isso! Já deve ter dado para perceber que D.C. é uma cidade bem legal e que eu adorei. Sem dúvidas quero voltar lá. Sobre o tempo (que não falei nada), depende muito da época do ano que você vai viajar. No meu caso, estava bem agradável (a máxima de 22, #amo). Devido a época também, não havia muito turistas então não sei como é os passeios com fila. 

Espero muito que tenham gostado. Pensei em fazer esse post da minha outra viagem, do ano passado, que estou devendo até hoje! Se quiserem, me avisem por favor. Qual lugar vocês gostariam de ir e por que? Me contem aqui nos comentários! 

Beijos, 
Ana :)

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Eu Assisti: ''Para Sempre Alice''

Oi gente, tudo bem?

Quarta-feira passada eu e minha mãe fomos ver um filme que desde sua indicação ao Oscar estávamos doidas para assistir: ''Para Sempre Alice''.


Sinopse:
A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguistica. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John (Alec Baldwinse), fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia (Kristen Stewart), se aproximam.
Claro que eu esperava que o filme fosse me sensibilizar e emocionar, mas nunca do jeito que fez. Sabe quando você não chega a chorar, mas seu coração fica apertado, triste? Foi isso que me causou.
A atuação da Julianne Moore, que interpreta Alice, foi simplesmente impecável e muito tocante.
 
Esse é o filme que eu recomendaria à qualquer um e que eu acho que todos deveriam ver.
 
Trailer:
 
 Espero que tenham gostado e que se assistirem o filme não esqueçam de me falar nos comentários o que acharam!
Beijos, Nat :)

sábado, 4 de abril de 2015

Playlist: As minhas Favoritas do The Script!

Oi pessoal, tudo bom?

Tudo bem bom, na verdade? Como estão de feriado? Nossa, sério, nada melhor que esses quatro dias para só descansar depois de uma intensa semana de provas hahaha. Acho que já não é novidade para ninguém sobre como eu e a Nath amamos música, certo? 

E hoje, é sobre isso que eu vim falar. Se lembram daquele post sobre as minhas músicas favoritas do Maroon 5? Bem, irei repetir a dose só que com uma banda diferente! Bora conferir? 

Para quem não conheço, o The Script, é uma banda de rock alternativo de Dublin, Irlanda. Composta por três integrantes (Danny O'Donoghue, Mark Sheehan e Glen Power). Um de seus maiores sucessos é Breakeven e Hall of Fame, que foi feita junto com o Will.I.am. Vale muito a pena ouvir eles, porque posso garantir, tem muito sucesso e as músicas são muito boas! 

Aqui vai as minhas favoritas:

1- Science & Faith



2- Nothing



3- Without those Songs



4- For the First Time



5- Six Degrees of Separation



6- If you Could see me Now


Eu indico muito todas delas, mas sem duvidas, essas são as minhas favoritas. Eles merecem muito reconhecimento, principalmente aqui no Brasil (olha eu querendo show hahaha). Vocês já conheciam? Se sim, quais as favoritas? Se não, quais gostaram? Me contem aqui nos comentários. 

Espero muito que tenham gostado, um ótimo feriado/Páscoa, e nos vemos por aiiiii.... 
Beijos, 
Ana :)

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Playlist Mensal: Março

Oi gente! Tudo bem? Como vai o feriado?
Bom, não vou nem me desculpar pela ausência, pq né.
Esse mês eu devo admitir que não ouvi muita música, devido à semana de provas e tal, mas mesmo assim não poderia deixar de postar sobre as poucas que eu escutei :) Vamos?

Waiting Game - BANKS
Me deparei com essa música essa semana e adorei! A Ana já me indicou outra dessa mesma cantora e com certeza ouvirei :)))
Wait - M83
Achei essa música por trailers de dois filmes que estou muuuito afim de ver, ''Invencível'' e '' The Longest Ride''.
Ela é incrivelmente linda <3 Apenas digo isso. Escutem!
 
All I Want - Kodaline
Tudo o que tenho a dizer sobre essa é: tentem não chorar.
 
To Build A Home - The Cinematic Orchestra
Outra maravilhosa.
 
Turning Page - Sleeping At Last
Que saudades dessa saga maravilhosa :( - música também é.
 
E por último, mas não menos importante,
I Won't Mind - Zayn Malik
Acho que não é novidade para ninguém aqui que agora a One Direction é formada por apenas 4 membros. Sim gente, Zayn Malik está oficialmente fora da banda e talvez já começando sua carreira solo. Haviam boatos de que essa música seria um pedaço de uma gravação para o álbum ''Four'', da banda, lançado em novembro do ano passado, mas isso foi negado por Louis. :/ O que acharam da saída de Zayn?
Ah, e sobre a música, eu adorei e achei liiiinda mesmo sendo apenas uma demo.
 
Então, essa foi a playlist do mês de março! Espero que tenham gostado e não esqueçam de deixar sugestões nos comentários! :) Feliz Páscoa!
Beijos, Nat.


quarta-feira, 18 de março de 2015

E essa coisa chamada "Se sentir bem"?

Oi pessoal, tudo bom?

Primeiramente, como de costume, preciso me desculpar pela ausência. Darei a mesma resposta que estou dando à todo mundo, o ensino médio é inumano :/ Bem, mas não iremos falar sobre isso certo? Hoje, acredito eu, venho falar sobre algo bem... hum... Interessante?

No meu post sobre primeiro dia de aulas, após os comentários, eu me senti bem próxima de vocês entendem? hahaha, E eu desse jeito, acho que nada melhor do que falar sobre coisas mas sérias aqui no blog. E claro que fui falar sobre isso com a Nath também e ela disse que pensava o mesmo, portanto, podem aguardar mais posts do tipo. 

Então, já que iremos falar sério, vamos falar bem sério. Ando me perguntando por onde exatamente eu deveria começar esse assunto e olha, é uma coisa bem complicada. Desse modo, por que não perguntar aquela pergunta que assusta todo mundo? 

Quanto você pesa? 


Engraçado isso, não é? Por que uma caixinha branca, sem graça, com alguns ponteiros ou números nos assusta tanto? Isso não é completamente e totalmente errado? Cheguei a essa conclusão após ler um post super legal no blog da NiinaSecrets sobre como a sociedade impõe essas coisas sobre nós. E nesse momento, se querem saber, uma coisa mudou em mim. Eu me perguntei um milhão de vezes porque, tão jovem, eu me preocupava tanto com isso. 

Vou ser bem sincera. Não é nada fácil você crescer ouvindo "nossa, como você está fofinha"ou "meu deus, mas ela devia fazer algum esporte!" ou, pior "as princesas deveriam ser mais fininhas, não acha?" Legal isso, não é? E no início a gente nem liga, mas conforme vamos amadurecendo, essas palavras passam a significar bastante para nós. 

E por que? Porque a garota que está estampando a revista tem altas curvas..? Porque a nova atriz que apareceu na malhação tem barriga negativa..? Ou porque os garotos desprezam-nos já que vestimos mais que 38...? 

Eu não sei vocês, mas na minha opinião isso é bem errado. Independente do tipo de corpo, da confecção que é o seu número, todos somos diferentes e todos teremos uma beleza diferente. Isso é fato, pessoal. E olha, demora bastante para perceber isso. Mas quando percebemos, é ótimo. E sabe do que mais? Ainda bem que temos belezas diferentes! Assim, tem espaço para todo mundo. 


Mas tem outra coisa, que é chamada se aceitar. E isso, é ainda mais difícil. Depois que você aceita que todos somos diferente ainda assim, custa muito tempo para você se sentir bem consigo mesma. Não digo isso a todos, porque é claro que tem pessoas bem autoconfiantes e eu admiro-as muito. Mas acredito, que como eu, tem muitas pessoas que quase nunca esboçam um sorriso ao se ver sem roupas ou de biquíni da frente do espelho. 

E convenhamos, é bem desagradável ter que pegar roupas maiores que as da sua mãe, ou ter que ver suas amigas indo a praia sem a menor vergonha, ou sentir-se tão mal, a ponto de negar-se usar shorts e saia. Isso é ruim, não é? E eu posso dizer com todas as letras, que não importa quem fale e quantas vezes fale, ninguém consegue colocar na nossa cabeça que somos bonitas. Ninguém. 

Só nós mesmas.  

E afinal, aquele elho ditado que ninguém acredita mas deveria além de todas as bobeiras que escutamos na vida. Você precisa se amar antes de qualquer coisa. 

E é por isso que a gente só vai conseguir matar a preguiça e sair para correr, só iremos conseguir levantar do sofá em um dia ensolarado para dar uma volta, para fazer cadastro em uma academia, só conseguiremos nos movimentar e ir atrás de mudar o que nos incomoda, quando nós mesmos tivermos iniciativa.

Ai que eu entro! Minha nossa, como eu estava cansada de me olhar e me odiar. E sabe o que fiz? Acordei durante as minhas férias, todos os dias, as oito horas da manhã e passei a me exercitar. Virei amiga dos treinadores da academia, venci a preguiça de ficar enfiada em casa descansando e dormindo, para que no fim do dia, eu pudesse ir para a praia apenas de biquíni.

E posso contar um segredo? Não há sensação melhor do que sorrir para si mesma, do que vestir um shorts jeans que costumava ser mais do que agarrado e sentir ele ir caindo enquanto andamos, de receber elogios sobre parecer mais "saudável" e "radiante". É maravilhoso! Afinal, além dos outros repararem, aos poucos, você se sente confortável.

É claro que isso não, acontece do dia para noite, nem de um mês para o outro. Mas por ser um processo lento, isso te ajuda ainda mais. Faz com que você faça mais vezes para chegar onde quer. E lembre-se, não é correr atrás do corpo que está estampado nos sites de moda e nas revistas, é ir atrás de saúde, bem estar e de auto-aceitação.

De sorrisos, vindo em primeiro lugar, de você mesma . É isso que importa, antes de tudo, como eu disse.

E é por isso que eu decidi fazer esse post :) Eu coloquei como uma das minhas metas para esse ano, sorrir para mim e quando isso aconteceu, mesmo que por cinco segundos, eu me senti muito bem. E quero muito que outras pessoas corram atrás disso. Pode parecer idiota, mas sério, é uma sensação muito boa.

Me contem aqui nos comentários as experiências de vocês, o que lhes incomoda e o que vocês querem fazer para mudar, me contem também o que acham sobre como a sociedade define o termo "beleza" porque, de um tempo para cá, foi algo que me chamou atenção. E claro, me digam se querem mais posts assim, sobre esse assunto ou qualquer outro, me deixará bem bem bem feliz!

Beijos, pessoal,
Ana! 

domingo, 8 de março de 2015

Assisitimos: ''Simplesmente Acontece''

Oie gente! Tudo bem?

Sexta-feira fomos assistir à mais nova comédia romântica, ''Simplesmente Acontece'', e confesso que mesmo estando bastante interessada e animada com o filme, não esperava que fosse gostar tanto quanto gostei, e olha, como gostei.
O filme foi baseado no livro de mesmo título no Brasil escrito por Cecelia Ahern, mesma autora do supeeer famoso P.S. Eu te amo, então fica difícil não gostar, né?
Os jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.
Falando assim parece só mais um filminho bobo de romance, certo? Mas acreditem, é realmente surpreendente as coisas pelos quais ambos passam sendo tão jovens e você não espera nada daquilo ao início do filme, algo que eu gostei muito. Outra coisa foi o fato da trama se passar ao longo de anos, mais de 12 para ser mais precisa, o jeito como é fácil de se identificar com os personagens, e a ótima trilha sonora. Também não posso acabar esse post sem destacar como eu AMEI a fotografia do filme (!!!), é uma cena mais linda que a outra. Ah, e claro, amei que grande parte do filme se passa na Inglaterra <3
Espero que tenham gostado do post e que caso vejam o filme gostem tanto quanto eu gostei!
É isso, beijos e boa semana :) Nat.

quarta-feira, 4 de março de 2015

Playlist Mensal: Fevereiro

Oi gente! Tudo bem? Hoje mesmo eu e a Ana conversamos sobre como o blog anda estado meio abandonado, mas prometemos que muito em breve voltaremos a postar com mais frequência. :)
Então, seja bem-vindo Março e que venham muitas coisas boas e novidades nesse mês!
Bom, como fiz mês passado, aqui está minha playlist de fevereiro, hehehe, espero que gostem!

Uptown Funk - Mark Ronson ft. Bruno Mars
Nem preciso dizer nada dessa música, hahaha, imagino que estejam tão viciadas quanto eu.

Style - Taylor Swift
Às vezes eu me pergunto se a Taylor não se cansa de ser tão linda, talentosa e maravilhosa... <3 (Provavelmente não).
 
I'm a Ruin - Marina and The Diamonds
Marina Diamandis, uma das atrações do Lollapalooza 2015, na lista com ''I'm A Ruin''. Marina, te amooooo! Hahahaha.
 
My Favorite Faded Fantasy - Damien Rice
Descobri esse artista super sem querer, mas amei tudo que ouvi dele até agora, inclusive essa.
 
Earned It - The Weeknd
Mais uma música da ótima trilha sonora de ''Cinquenta Tons de Cinza'' nas playlists mensais, dessa vez com ''Earned It'' do The Weeknd.
 
Espero que tenham gostado da minha seleção do mês de fevereiro! E você, o que não consegue parar de escutar? Aquela música que não sai da sua cabeça? Fala aí nos comentários :)
 
Beijos, Nat.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Já ouviu o tal de McBusted?

Oi, pessoal tudo bom?

Advinha quem faltou na escola hoje? Euzinhaaaa hehehe. Já faz um tempinho desde que não venho aqui no blog, certo? Eu queria pedir desculpas, como quase sempre pela ausência e também, pelos erros ortográficos que provavelmente cometerei nesse post, já que estou em um computador diferente, principalmente o teclado, mas vamos lá!

Acredito que quase todo mundo aqui já ouviu falar no McFly. Se não, garanto que vale a pena ouvir alguma das faixas de um dos álbuns pop-rock da banda. Confesso que nunca fui muito chegada neles, e na verdade, só os conhecia do filme Sorte no Amor, sabem? Mas ai, ano passado comecei a ler um livro que foi baseado em uma fanfic do grupo, desenterrei algumas músicas, na minha opinião excelentes, e hoje, não sou fã mas admiro a banda, o talento e principalmente, os anos de carreira. 

Mas e agora o Busted? A única que conheço é Sleeping withe Light On. Fora essa, mas nada, por isso nem irei me prolongar :/ Mas pelo que eu pesquisei, é/era uma banda tão grande quanto a McFly. Mas o ponto é o seguinte... McFly + Busted?

De acordo com as minhas pesquisas (a culta agora HAHAHAHA), o McBusted foi criado em 2013. Em muitos altos e baixos, o McFly não estava em sua melhor frase. Busted, não muito diferente após Simpson, um dos membros ter deixado a banda, a mesma quase chegava ao fim. 

Nessa época, Bourne, um dos membros da Busted, fez uma visita a Londres e aproveitou para ver seu antigo amigo, Tom Fletcher (McFly), tocar. Não perderam a oportunidade, e o convidaram para fazer uma pequena participação no show da noite. De acordo com os integrantes, as pessoas e os fãs reagiram mais do que bem. Desse jeito, tanto eles como os empresários acharam uma maneira de salvar não só uma, mas as duas bandas. 

Formando assim, a McBusted. 

É claro que houve uma série de contratos, decisões a serem feitos e claro, eles tiveram que esperar a reação dos fãs. Mas fora isso, o McBusted já fez uma grande turnê pelo Reino Unido ano passado e com o sucesso, aproveitaram para gravar um álbum. 

Resumidamente, é uma superbanda! E de acordo com alguns, não é algo sofisticado, mas é divertido, distinto e é algo que nunca existiu. Vale a pena conferir, não vele? O álbum (foto acima) já está a venda no Brasil e no iTunes. E claro que eu tinha que separar as minhas favoritas, certo? Vamos conferir!

Gone:



Get Over It:

What Happened to Your Band:



Beautiful girls are the Loneliest:



Sleeping with the light on (cover):



Espero muito que tenham gostado! Se por acaso, você ai sabe mais coisas sobre essa banda bem legal, me conta nos comentários, adorarei saber sua música favorita também. E para quem não conhecia, me conte o que achou! 

Até mais pessoal, um ótimo fim de semana à todos vocês. 
Beijos, 
Ana :)

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Playlist Mensal: Janeiro

Oieeee gente! Será que 1 semana depois de janeiro acabar ainda é muito tarde para falar sobre ele?
Enfim, que fevereiro seja bem-vindo e antes de tudo me desculpem a ausência. Quantas vezes será que eu já disse isso em menos de 1 ano de blog? Hahaha, que vergonha.
Enfim, esse ano eu decidi postar playlists todo final de mês, listando o que eu estive ouvindo durante aqueles 30 ou 31 dias. As outras playlists ainda continuaram, tenham certeza disso! Haha ❤️

Espero que gostem das minhas eleitas do primeiro mês do ano!

Favorite Record - Fall Out Boy
 (a minha favorita do novo cd deles, mas sério, vale a pena ouvir todassss! Estou viciada.)

Reflection - Fifth Harmony
Outra banda que eu amo e seu novo álbum. Reflection é o primeiro cd do Fifth Harmony e está demais!
 
Clouds - One Direction
Mais música de cds novos, hahaha, dessa vez do One Direction! Clouds é uma das, senão A minha favorita do Four. Também amo Stockholm Syndrome e Where Do Broken Hearts Go. :)
Ps: depois fui pensar nas minhas outras favoritas e percebi que tem muitas outras hahahaha.
 
Love Me Like You Do - Ellie Goulding
Ellie Goulding, que tocou no Lollapalooza do ano passado (edição 2015 está chegaaando! Aaaah! <3), faz parte da trilha sonora de ''Cinquenta Tons de Cinza'' com Love Me Like You Do.
 
Love Me Harder - Ariana Grande ft. The Weeknd
Durante janeiro, ouvi muuuito essa parceira entre Ariana e The Weeknd. Pra falar a verdade, estou ouvindo até agora, hahaha.
 
 
Espero que tenham gostado dessa seleção! E mais uma vez, desculpem o sumiço!
 
Beijos, Nat.
 
 

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Venha conhecer: GLEE!

Oi pessoal, como vai? 

Hoje venho falar sobre um assunto que amo demais e vocês também já devem ter percebido que eu e a Nath gostamos... hum... bastante de seriados, certo? Hahahaha, fala sério, acho meio difícil alguém não gostar. Sempre tem aquele personagem que conquista nosso coração, os que nós odiamos mas aprendemos a amar, os melhores vilões e até mesmo, os protagonistas meio sonsos (?). 

Como uma das minhas personagens literárias favoritas (a Priscila de Minha Vida Fora de Série, Paula Pimenta), filmes são muito legais sim mas passa duas horas e se não forem sagas, acabam bem ali, com um FIM estampado antes dos créditos. E séries de TV, é como um encontro marcado toda semana, com uma duração que vai de vinte minutos ou quarenta e além disso, na maioria das vezes, demora para terminar. 

Eu particularmente amo isso <3

Hoje venho mostrar a vocês sobre uma das minhas séries favoritas. Quer dizer, Glee já esteve no meu TOP 5 mas hoje ele é apenas especial e querido. Vamos conferir por que vale a pena se encantar pelo lalala desse incrível coral?


Eu vou ser sincera, já vi gente que não suporta Glee. E também já vi outros, que não sabem o que farão quando a série terminar (o que está beeeeem próximo). Eu não sei a qual time pertenço porque tem temporadas maravilhosas e outras bem ruinzinhas, mas acredito que todo seriado tenha altos e baixos. 

Eu acabei conhecendo Glee de um jeito meio bizarro hahaha. Minha prima assistia mas eu nem sabia do que se tratava. Teve uma época (lá para o final de 2010), a Globo começou a passar Glee dublado aos sábados, eu vi apenas um episódio e me interessei muito. No dia seguinte, comprei o box da primeira temporada :) Acho que é difícil nunca ter ouvido depois do que aconteceu com Cory, mas aqui está a sinopse e minha opinião! 

É uma comédia musical que fala sobre um grupo de garotos ambiciosos e talentosos que escapam as duras realidades do ensino médio por aderir a um clube de coral, onde eles encontram força, aceitação e, em última instância, a sua voz no mundo.

Eu concordo plenamente com o que os fãs dizem. Glee é tipo de série que possui um cast, personagens com todos os tipos de "problemas". Por isso, facilmente você se identifica com algum. Temos uma judia, um homesexual, uma negra acima do peso, dois asiáticos, uma garota que engravida na adolescência, duas lésbicas, um bad boy e por ai vai... 

Por isso, cada um deles passa por alguma coisa em meio ao ensino médio e claro, problemas familiares também. Graças ao professor de espanhol, William Schuster, eles conseguem encontrar voz (literalmente) no clube Glee e rapidamente, o coral torna-se uma família. 


A série mostra o combate contra o bullying, bulimia, muita auto-aceitação, problemas financeiros e muito mais. Eu indico com certeza porque se você gostar dos personagens e dos covers (alguns não são tão bons porém, alguns chegam a ser melhor que o original), não vai se arrepender de maneira nenhuma. 

Meus queridinhos? (hahahahaha) É difícil escolher só um portanto, aqui vai: Santana, Sam, Artie, Kurt, Marley e Ryder. 

Eu tive também que separar meu conjunto de covers favoritos para vocês se encantarem! Olhem só:

The Scientist:


Tongue Tied:


Baby One More Time:


Need you Now:


It's Time:


Thriller:


Toxic:
Bad Romance:

oooops, foram bastantes hahahaha. 

Espero que tenham gostado e se tem mais algum cover dele que vocês gostam, me contem por favor! Além disso, outra série? Adorarei conhecer. 

Beijos, 
Ana :)



segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Início das Aulas + Mudanças no blog

Oi pessoal, tudo bom?

Eita, demos uma sumidinha não é? (Ou talvez sumidona haha). Como vocês estão? Aproveitando o finzinho do primeiro mês do ano? Bem, nós fomos pra escola! Hoje mesmo.

Antes de começar a falar sobre isso, gostaria de explicar o que aconteceu. Por incrível que pareça, temos uma grande novidade! Ainda não quero falar muito sobre isso porque não é concreto, muito menos finalizado, mas se tudo der certo, em breve teremos grandes mudanças aqui no blog! 

Lembram-se da lista de metas da Nat? Bem, um dos itens era a respeito do blog. Com muito prazer, dizemos, que nossas ideias estão sendo postas em práticas. Acreditem, esse ano vai ser incrível para o Wanderlust Girls e esperamos muito que vocês gostem. 

Em breve, pessoal. Em breve! 

Eu tenho uma leve certeza que todo mundo, pelo menos uma vez na vida, já sentiu aquele mesmo friozinho que sentimos em montanha-russas ou em filmes de horror, ao voltar para escola. Ou, quem sabe, começar a escola. 

Espero muito não ser a única aqui que sente isso até hoje! Sim, eu sei com quem vou encontrar, eu sei onde meu pai vai estacionar o carro, tenho meus palpites de qual será minha classe e onde ela ficará, mas ainda assim, vou dormir e acordo nervosa! 

Eu gostaria de verdade de fazer um post super legal, falando sobre essa coisa de "primeiro dia de aula" mas isso pode se tornar assunto para um futuro vídeo. A questão é a seguinte, se você é nova(o) na escola, por favor, não escuta aquele ditado "a primeira impressão, é a que fica" (algo do tipo), porque, pelo menos eu, acredito que as coisas mudam e opinião de pessoas, principalmente. Seja você mesmo, e uma dica, sorrisos abrem portas! E você está em um território novo, portanto, vale a pena se arriscar um pouquinho deixando a timidez de lado por um segundo e puxar assunto! 

Agora se você já é veterano, como nos filmes e nas séries HAHAHA, aproveite muito! Coloque o papo em dia, ajude os novatos, olhe a sua turma e lembre-se que todos ao seu redor serão seus companheiros em todos os dias! 


Eu pensei em complementar esse post com algumas dicas escolares para seguir o ano inteiro. Tentei separá-las para usarmos em todas as matérias e serem o mais simples possível. Vamos ver?

1- Conversar é bom mas as vezes é necessário deixar de lado = Confesso, sou do tipo que senta no fundo e não cala a boca (oooops). Mas depois que vi, ano passado, minhas notas despencarem e eu ter dificuldades em matérias que tirava de letra, percebi o que estava fazendo errado. Ouvi um amigo super inteligente dizer que, o verdadeiro, estudo dele é na sala de aula! Eu sei que é difícil parar de falar, mas se perceber dificuldade, é legal ficar esperta nas palavras do professor. E até mesmo, anotá-las. 

2- Marca texto é nosso melhor amigo = sabe aquelas canetas bonitinhas que compramos no começo do ano e só vamos usá-las quando alguém pede emprestado ou o professor manda pegar? Então, ela está ao nosso lado o tempo inteiro e precisamos lembrar disso. Marca textos/marca páginas/grifa texto, como você preferir chamar, é maravilhoso. Digo, mais uma vez, por experiência própria, marcar mesmo na aula o que você acha importante e principalmente, o que o professor disse que vai cair na prova, ajuda muito. Outra dica é, eu sei que vai parecer atormentador mas faz uma enorme diferença, é chegar em casa e revisar em cinco minutos (você vai levar no máximo dez) o que você aprendeu e grifar. Acredite, isso te ajuda muito e você não vai precisar desmarcar todos os compromissos na véspera da prova. 

3- Organize seu tempo e sua vida = Sair as sextas-feiras é super legal, aos sábados tem aquela balada e no domingo, o almoço com as amigas/namorado/família. Ter uma vida e uma agenda agitada é tudo de bom, certo? E claro, não podemos esquecer o inglês, a academia e talvez aquele que estávamos pensando em fazer durante a semana. Sim, somos jovens e queremos fazer tudo que aparece pela frente! Mas sabe aquela sonequinha que bate no meio da aula, na maioria das vezes, é devido a isso. Então, o melhor de tudo, a melhor dica e a que precisamos saber usar melhor. é dividir nosso tempo. Ano passado eu fui uma bagunça por causa disso. Esse ano, já sei. As sextas são para sair, os sábados para colocar tudo "em dia" e sair quando der também, nos domingos, descansar hehe. E no resto da semana, ralar. Faça o mesmo. As vezes temos que abrir mão de alguma coisinha ali mas pense no futuro, pense no enorme dez que vai aparecer na sua prova e quem sabe, com essas notas, a gente não ganha um pouquinho mais de liberdade? 

Foi isso, pessoal! Espero muito que vocês arrasem na escola e que comecem com o pé direito! Contem aqui nos comentários, a pré depressão pelas aulas estarem voltando HAHAHA mas a animação por rever todo mundo. Vocês têm mais dicas? Me contem também. 

Espero que tenham gostado, já arranjamos melhor o esquema de posts durante a semana e já já vamos usá-lo. 
Beijos, 
Ana :)

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

''Meu QueridoOo'': Conheci o Victor Meyniel!

Oi gente! Tudo bem com vocês?
Desculpem a breve ausência, eu andei meio sem tempo/paciência esses dias. Mas enfim, cá estou!

Semana passada (8) um dos dias mais divertidos da minha vida aconteceu: eu conheci o Victor Meyniel! Se você não faz ideia de quem eu estou falando, ele é, basicamente, um garoto de 17 anos que faz vídeos na Internet (começou no aplicativo Vine em 2013, mas hoje também posta no Youtube) e com isso já conquistou milhares de visualizações/seguidores/admiradores, e o melhor, sua própria peça de teatro: ''Meu QueridoOo''.
Se trata de um stand-up comedy (o primeiro direcionado aos jovens), ou seja, um espetáculo de humor executado por um único comediante, Victor no caso, que se apresenta de pé (entenderam de onde vem o ''stand up''?), sem nenhum cenário, nem nenhum outro tipo de ''suporte'', como fantasias.
Então se você, por acaso, morar em São Paulo e estiver atrás de dar boas risadas numa noite de quinta-feira, fica aqui a minha dica: vá assistir ao espetáculo. Acredite em mim, você vai rir, se identificar e vai sair querendo mais.
Uma das fotos que tirei durante a peça. (Ele fica o tempo todo de pé andando pelo palco, mas bem nessa hora ele sentou.. Haha)
 
E claro, a melhor foto: Eu e ele!
Sério, ele é um fofo! Muito simpático e engraçado até mesmo na hora de simplesmente tirar uma foto. Um amor <3
 
Muita gente me perguntou como eu consegui conhece-lo, já que não é sempre que os atores vão de encontro ao público em final de peça, mas sim, ele fez isso. Imaginem uma pessoa adorável o bastante para depois de falar sem parar por mais de uma hora, num horário próximo às 11 horas da noite, tirar fotos e conversar, nem que por pouquíssimo tempo, com mais ou menos 800 pessoas... Apresento-lhes: Victor Meyniel!
 
Se você é adolescente, ainda está na escola, vai amar! Mas calma, caso seja um pouco mais velho, pode ser que goste (e muito) mesmo assim. Eu fui com meu irmão mais novo e meus pais, e minha mãe saiu do teatro ''impressionada pelo talento dele'', palavras dela mesma. Ou seja, prova de que é para todas as idades.
 
Se interessou? O espetáculo rola todas as quintas-feiras, às 21:30hrs, no Teatro das Artes, dentro do Shopping Eldorado. As apresentações vão até 26 de fevereiro. Não percam!
Você pode comprar seus ingressos na própria bilheteria ou online, pelo ingresso.com.
 
Espero que tenham gostado e se seguir minha dica, por favor, não esqueça de falar aqui nos comentários o que achou, ou no meu Twitter: @natmeirinho.
Beijos, Nat. :)

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Exposição: Salvador Dalí

Oiii gente! Tudo bem?
Ontem eu fui na exposição do Salvador Dalí, no Instituto Tomie Ohtake em São Paulo e eu amei! Então vim falar um pouquinho sobre ela aqui no blog.
A exposição apresenta diversas obras do artista, entre elas 24 pinturas, 135 trabalhos entre desenhos e gravuras, 40 documentos, 15 fotografias e quatro filmes.
Se ainda não achou motivo o suficiente para fazer uma visita a mostra, talvez isso seja: a exposição é gratuita! Ótimo, né? Porém, você precisa pegar uma senha para entrar, que deve ser para um dos horários: 11h, 14h ou 17h.
As senhas começam a ser distribuídas as 10hrs e param as 18hrs, mas claro, podem esgotar antes, como por exemplo aconteceu ontem (às 16:30h se não me engano) e imagino que na maior parte dos outros dias aconteça o mesmo.
Eu acabei indo ontem, pois aproveitei que já tinha outro compromisso de manhã e estava fora de casa, então paramos e pegamos senha às 11hrs, para entrar às 17hr. Foi uma ótima ideia e se você puder fazer o mesmo ''esquema'', eu recomendo!
Infelizmente, a exposição só vai até esse domingo (11), então por ser a última semana eu imagino que vá ter mais fila do que teve nos outros meses mas por ter feito esse esquema de não ter pego a senha na hora eu imagino que tenha sido mais tranquilo, a pior parte foi ter que ficar na fila enquanto chovia e não ter levado guarda-chuva, mas no fim, isso também acabou sendo tranquilo.



Dicas para o público (via G1)
- Não é permitido entrar com bolsas, sacolas e mochilas. As mesmas deverão ser deixadas no guarda-volumes do Instituto, na entrada da exposição;
- O atendimento prioritário é restrito a uma pessoa com apenas um acompanhante;
- A exposição pode ser fotografada, mas o uso de flash não é permitido;
- Os dias mais tranquilos para visitação são as terças, quartas e quintas-feiras, entre 14h e 18h.
- É possível fazer o download do audioguia da exposição no aplicativo do Instituto Tomie Ohtake, disponível na Apple Store ou Google Play.

Espero ter ajudado e se você estava no tédio, sai desse sofá e corre aproveitar que só tem mais 3 dias e você não vai se arrepender!
É isso, beijos.
Nat :)